Incentivos à compra de automóveis elétricos e híbridos plug-in

Débito direto
Vantagens de aderir ao Débito Direto
Junho 9, 2017
Pagamento Online
Pagamentos Online – O que já se pode fazer e o que está para vir
Julho 19, 2017

Incentivos à compra de automóveis elétricos e híbridos plug-in

Automóveis Elétricos

Segundo as informações do Ministro do Ambiente, o carregamento de automóveis elétricos deixará de ser gratuito nos postos de carregamento rápido a partir de julho. Os utilizadores dos 37 postos deste tipo espalhados pelo país passarão a pagar o mesmo que pagam pela eletricidade doméstica mais algumas taxas. O que, mesmo assim, será consideravelmente mais reduzido que o preço pago pelos utilizadores de automóveis com motor a combustão – cerca de 8€ por 100km.

Apesar de esta taxação, há boas notícias para os detentores de automóveis híbridos e elétricos. O governo estabeleceu a meta de superar os 1600 postos de abastecimento até ao final do ano assegurando uma rede de cobertura alargada a todo o território continental. Para além dos postos de carregamento, há ainda diversos benefícios associados à compra de veículos elétricos e híbridos.

Ao optar pela compra de um automóvel elétrico, o cliente pode, até 30 de novembro, candidatar-se ao subsídio estatal de 2.250€, sem a necessidade de entrega para abate de um outro veículo. O incentivo é suportado pelo Fundo Ambiental e só é válido para as primeiras mil candidaturas.

Para além deste subsídio, os carros elétricos estão ainda isentos do pagamento do Imposto Sobre Veículos (ISV) e do Imposto Único de Circulação (IUC). Para as empresas, esta compra revela-se ainda mais vantajosa, na medida em que ficam dispensadas do pagamento de Tributação Autónoma e passam a ser aceites como gastos as depreciações das viaturas ligeiras de passageiros ou mistas, na parte correspondente ao custo de aquisição ou ao valor de reavaliação até ao valor de 62.500€. Na aquisição destes veículos, o IVA passa a deduzir-se na totalidade.

O Orçamento do Estado para 2017 contempla ainda vantagens para os automóveis plug-in (híbridos cuja bateria utilizada para alimentar o motor elétrico pode ser carregada diretamente de uma tomada). Estes veículos são alvo de uma redução de 75% do ISV, desde que apresentem, em modo elétrico, uma autonomia mínima de 25km, e beneficiam de um baixo IUC, variável entre 7,91€ e 35,87€. Para as empresas, a Tributação Autónoma varia entre os 5% e os 17,5% e, no ato de compra, o IVA é totalmente dedutível. São ainda aceites como gastos as depreciações das viaturas ligeiras de passageiros ou mistas, na parte correspondente ao custo de aquisição ou ao valor de reavaliação até ao valor de 50.000€.

Para além destas vantagens, em algumas cidades, como é o caso de Lisboa, o estacionamento de veículos elétricos nos lugares públicos não é pago.

Renting

 O renting, apesar de ser uma modalidade pouco conhecida, é cada vez mais recorrente. Este método de financiamento consiste no pagamento de uma renda mensal pelo aluguer do veículo, por um período limitado. No final do contrato, o cliente pode entregar o veículo ou comprá-lo por um valor acordado com a locadora ou pelo seu valor comercial.

A diferença entre o renting de automóveis com motor a combustão e o renting de carros elétricos está no tipo de serviços que podem ser incluídos. Num contrato deste género, o veículo elétrico pode ter acoplado um carregamento, uma unidade de produção de energia fotovoltaica ou até uma scooter elétrica.

Ao optar por esta via, tendo também em conta o custo menor da energia elétrica em relação à gasolina, terá também menores custos de manutenção associados. Os carros elétricos conseguem consumos mais competitivos em relação aos veículos com motor a combustão, o que se traduz numa vantagem, nomeadamente, para as empresas que os adquirem, já que se tornam mais competitivas.

Para além de todas estas vantagens fiscais, há ainda que ter em conta que os veículos híbridos e elétricos poluem menos (os elétricos nem sequer poluem) o que é um benefício não só para os particulares e para as empresas, mas para o mundo em geral.

2 Comments

  1. Fernando Guidi diz:

    Excelente matéria informativa! Obrigado

  2. Gostei muito do seu post, vou acompanhar o seu blog/site.
    Este tipo de conteúdo tem me ajudado muito no desenvolvimento pessoal.
    Obrigado
    Manuela Silva

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *